Policia Civil prende em Itapuranga e região 15 suspeitos de tráfico de drogas, homicídios e outros crimes

A Polícia Civil prendeu, nesta quinta-feira (3), 15 suspeitos de participarem de uma organização criminosa que atuava no interior de Goiás. Segundo a corporação, outras cinco pessoas que tiveram mandados de prisão expedidos já estavam em presídios - entre elas, o homem que é considerado o líder do grupo.

 

Com base nas investigações, a Justiça expediu 20 mandados de prisão e 23 de busca e apreensão nas cidades de Itapuranga, Itaberaí, Mozarlândia e Formosa, todos cumpridos nesta manhã.

 

De acordo com a Polícia Civil, das 15 pessoas presas, duas eram mulheres: a mãe e a esposa do homem apontado como líder do grupo criminoso.

 

Batizada de "Purgatório", a operação desmanchou um grupo investigado há cerca de seis meses. Segundo o delegado Kleber Toledo, responsável pela investigação, os criminosos atuavam, principalmente, em Itapuranga e região.

 

"No decorrer das investigações, descobrimos essa organização que se voltava principalmente para o tráfico e cometia todos os demais delitos (relacionados à atividade principal), como homicídios e tentativas por disputa territorial ou dívida, roubo de veículos", explicou.

 

Segundo a corporação, mais de 100 policiais estiveram envolvidos nos cumprimentos dos mandados. Uma equipe de cães farejadores ajudou nas buscas. Entre as apreensões, estão algumas porções de droga e uma quantia em dinheiro ainda não contabilizada.